Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Câncer Infantil

Câncer Infantil


Diagnóstico tardio pode dificultar a cura dessa doença nos pequenos

A cada ano 12 mil novos casos de câncer infantil são registrados no Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer.  Apesar do número alto, apenas 3% do total de casos de neoplasias malignas acometem jovens de 0 a 15 anos e a maioria acontece na primeira infância.

Hoje a taxa de cura de câncer infantil no Brasil é de 70% e o diagnóstico precoce é a melhor forma de combater a doença e alcançar a cura.  O problema é que os sintomas podem ser confundidos com outras doenças, o que dificulta o diagnóstico. 

Segundo os especialistas, a quimioterapia é o tratamento mais usado nos pequenos, com bons resultados.  Como os tecidos do organismo da criança afetados pelo câncer ainda estão em fase embrionária, elas respondem melhor à quimioterapia. Outro fator que conta a favor das crianças é que, diferentemente dos adultos, é rara a ocorrência de doenças, como diabetes, hipertensão e obesidade, que prejudicam a evolução do tratamento.

Os pais devem estar alerta para os sintomas dessa doença que são: fadiga e palidez, infecção e febre, hemorragia por contusão, dor nos ossos e nas articulações, inchaço o abdome, perda de apetite e de peso, tosse ou dificuldade para respirar, inchaço do rosto e braços, dor de cabeça, convulsões, vômitos, erupções cutâneas, problemas na gengiva e fraqueza.


Deixe um comentário