Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Diabetes – como conviver com esse mal

Diabetes – como conviver com esse mal


Apesar de ser uma doença crônica é possível conviver bem com o diabetes, uma doença que ainda não tem cura definitiva e atinge milhões de pessoas em todo o mundo.

O diabetes é uma doença que acomete 8,7% da população brasileira. Segundo uma projeção internacional, com o aumento do sedentarismo, obesidade e envelhecimento da população o número de pessoas com diabetes no mundo vai aumentar em mais de 50%, passando de 380 milhões em 2025.

Por isso quanto mais orientação sobre a doença melhor para os pacientes poderem conviver com ela, já que o diabetes ainda não tem cura. É importante uma cultura de alimentação saudável e o investimento em atividades físicas para controlar a doença. Além, é claro, de acesso fácil aos remédios. O paciente de diabetes costuma ir de três a oito vezes mais á farmácia que uma pessoa comum.

O diabetes é uma síndrome metabólica decorrente da falta de insulina. É um aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue. A glicose é a principal fonte de energia do organismo, mas em excesso pode trazer várias complicações à saúde.

O diabético sente cansaço físico fácil, fraqueza, sede intensa, vontade de urinar com frequência, sonolência, fome excessiva, visão turva, perda ou aumento de peso e o corpo tem dificuldade em cicatrizar as feridas.

O diabetes também leva a distúrbios no sistema imunológico, por alterar o funcionamento das células de defesa. O diabético pode ser considerado um paciente imunossuprimido e apresenta maior risco de desenvolver infecções, nomeadamente infecção urinária, infecções de pele, candidíase e pneumonia.

O tratamento para diabetes sempre envolve adequar a alimentação e tomar medicamentos. No diabetes tipo 1 o remédio utilizado é a insulina, e no diabetes tipo 2 é usado um ou mais hipoglicemiantes.

Tanto no diabetes tipo 1, quanto no diabetes tipo 2 é recomendado seguir uma dieta especial e fazer exercícios porque eles melhoram a captação do açúcar do sangue.

Apesar de ser uma doença crônica é possível conviver bem com o diabetes. Basta seguir as recomendações médicas e manter uma alimentação saudável com a prática de exercícios para ter qualidade de vida.

Deixe um comentário