Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Esteatose Hepática

Esteatose Hepática


A Gordura no Fígado é uma das doenças mais comuns hoje em dia e o tratamento é simples, quando detectada no início.

A Esteatose Hepática, conhecida como Gordura no Fígado, atinge principalmente quem não leva uma vida saudável ou está acima do peso. Mas também ataca quem tem problemas de sobrepeso, transtornos metabólicos hereditários, abuso de determinados medicamentos, colesterol alto e diabetes tipo 2. 

É uma das doenças mais comuns no Brasil. Todas as pessoas têm um pouco de gordura no fígado, mas o nível não ultrapassa os 10%. Quando há o acúmulo de gordura o fígado não é capaz de realizar suas funções de metabolização e depuração de substâncias tóxicas com a mesma eficácia de antes. A esteatose hepática pode ser detectada através do exame de sangue. Os elementos nocivos que o fígado não pode processar de maneira correta aparecerão no sangue.

Quanto maior e mais prolongado for o acúmulo de gordura no fígado, maiores são os riscos de lesão hepática. Normalmente a doença não provoca sintomas quando ainda está no início.  Mas se o acúmulo de gordura não for tratado pode provocar perda de funcionamento das células e cirrose levando o paciente a um transplante de fígado.

É preciso observar os sintomas como dor abdominal do lado direito, inchaço da barriga, cansaço, perda do apetite, dor de cabeça, enjoo e vômito, cor amarelada nos olhos e na pele e fezes esbranquiçadas.

Quando está no início a doença tem cura e o tratamento é feito através de alterações na dieta e prática de exercícios. 


Deixe um comentário