Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Evolução da Febre Amarela

Evolução da Febre Amarela


Os casos da doença aumentaram e já é o maior surto registrado nos últimos 30 anos.

O Ministério da Saúde atualizou os casos de febre amarela no Brasil. Até o início de fevereiro 60 mortes foram confirmadas. Minas Gerais, Espirito Santo, Bahia, São Paulo e Tocantins são os estados que continuam com casos suspeitos.

O governo federal está enviando doses extras da vacina contra a febre amarela para os estados com casos da doença e outros que ficam na divisa desses estados. 8,2 milhões de doses extras já foram enviadas para os cinco estados.  É um adicional às doses de rotina do Calendário Nacional de Vacinação, enviadas mensalmente aos estados.

A vacinação de rotina é ofertada em 19 estados do país com recomendação para imunização. Todas as pessoas que vivem nesses locais devem tomar duas doses da vacina ao longo da vida. Também precisam se vacinar, neste momento, pessoas que vão viajar ou vivem nas regiões que estão registrando casos da doença.

O Ministério da Saúde afirma que não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que há doses suficientes para atender as regiões com recomendação de vacinação.  Mulheres grávidas, que estejam amamentando, e pessoas em tratamento com quimioterapia, radioterapia, não devem tomar a vacina.

O surto de febre amarela do início de 2017 já é o maior desde 1980. 

Deixe um comentário