Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Junho Vermelho

Junho Vermelho


O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue

Nesta época do ano há uma redução nos estoques de sangue e por isso o Movimento Eu Dou Sangue, resolveu criar uma forma de estimular as pessoas a fazer doações periódicas. No início do mês muitos monumentos em todo o país foram iluminados com a cor vermelha para destacar a campanha. No Paraná, por exemplo, o jardim botânico ficou iluminado de vermelho.

A ideia de criar o Junho Vermelho surgiu em 2011, quando as irmãs Debi Aronis e Diana Berezin lançaram o Movimento “Eu Dou Sangue” no estado de São Paulo, motivadas por um episódio familiar. “Somente quem vive a dificuldade de conseguir sangue sabe a importância das doações. Depois de sentir na pele o que é isso, decidimos disseminar e promover a conscientização para que esse seja um hábito permanente no Brasil”, explica Debi.

Nas férias de julho sempre aumentam os acidentes e é preciso uma demanda maior de sangue. É preciso criar o hábito da doação de sangue para que muitas vidas sejam salvas.

O sucesso da iniciativa das duas irmãs é comprovado pelos números registrados durante as campanhas anteriores. Em junho de 2016, as doações de sangue no Estado de São Paulo aumentaram 30% na comparação com o mesmo período de 2015.

Se você ainda não é doador procure um banco de sangue e faça sua parte!


Deixe um comentário