Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Laboratório é Importante na Avaliação de Doenças Autoimunes

Laboratório é Importante na Avaliação de Doenças Autoimunes


As doenças autoimunes aumentaram nos últimos 40 anos e o aprimoramento dos exames nos laboratórios contribuiu para um diagnóstico mais preciso.

As doenças autoimunes são um tipo de desordem imunológica em que o organismo não reconhece os antígenos dos tecidos ou substâncias do próprio organismo e os ataca. Sabe-se que existem muitas doenças autoimunes e não se pode precisar um número exato. São mais de 80.

Cada uma possui sintomas específicos e atacam órgãos e tecidos distintos. As mais conhecidas são lúpus, vitiligo, diabetes do tipo 1, esclerose múltipla, doença de graves, hepatite autoimune, doença de chron, psoríase, tireoide de Hashimoto, doença celíaca, artrite reativa, anemia perniciosa entre outras. As causas dessas doenças ainda são desconhecidas, mas acredita-se que fatores externos estejam envolvidos na ocorrência dessa condição.

O diagnóstico das doenças autoimunes é feito a partir do quadro clínico que o paciente apresenta e por meio de exames laboratoriais em que são pesquisados autoanticorpos. Segundo os médicos, o laboratório pode ser bastante útil como parte do diagnóstico ou na avaliação prognóstica de algumas doenças autoimunes, mas sempre em conjunto com avaliação do quadro clínico.

As doenças autoimunes aumentaram nos últimos 40 anos e o aprimoramento dos exames de análises clínicas contribuiu para que essas doenças fossem diagnosticadas com mais precisão. Exames laboratoriais, como: testes de anticorpos antinucleares FAN (fator anti-núcleo), testes de pesquisa de autoanticorpos, teste de Coombs, hemograma completo, proteína C-reativa (PCR),taxa de sedimentação de eritrócitos (ESR), e outros testes imunoenzimáticos e de imunofluorescência são exemplos de exames essenciais para o diagnóstico de doenças autoimunes e que orientarão os médicos na decisão de qual o melhor tratamento a ser seguido pelos pacientes.

Deixe um comentário