Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Mais Médicos

Mais Médicos


Governo autoriza novas vagas de medicina em faculdades particulares. 2.290 vagas estão sendo ofertadas em onze estados. No Paraná quatro municípios foram selecionados.

O Ministério da Saúde e o Ministério da Educação anunciaram no mês de julho novos cursos de medicina criados dentro da estratégia do Programa Mais Médicos, em instituições particulares de ensino. Serão ofertadas 2.290 vagas em 36 municípios de onze estados do país.

Dez por cento das vagas devem ser concedidas com bolsas voltadas para estudantes de baixa renda.

A seleção das cidades que receberão os cursos ocorreu em 2014 e obedeceu a critérios que garantem a expansão do ensino médico para regiões prioritárias. Todas as cidades selecionadas têm 70 mil habitantes ou mais e não contam com graduação na área. Elas estão localizadas em 11 estados de quatro regiões, no interior e regiões metropolitanas, sendo que nenhuma delas é capital.

Na seleção, o Ministério da Educação levou em conta a necessidade social do curso, a estrutura da rede de saúde para realização das atividades práticas e a capacidade para abertura de programa de residência médica. Três municípios (170 vagas) não tiveram propostas selecionadas, e serão incluídos no edital seguinte.

Os 39 municípios escolhidos para sediar novas faculdades de medicina estão distribuídas em 11 estados: Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

No Paraná as cidades beneficiadas são Pato Branco, Guarapuava, Campo Mourão e Umuarama.

A previsão é que as 2.290 vagas sejam abertas pelas instituições de ensino em um período entre três e 18 meses, segundo o MEC.

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, afirmou que, com as 2.290 vagas, o governo totaliza cerca de 7.600 novas vagas de graduação em medicina no Brasil até 2016.

Até 2017 a meta do governo é abrir 11,5 mil novas vagas de medicina.

Deixe um comentário